top of page
  • Foto do escritorAnna Rossetto

Descubra o Poder Oculto dos 95%: A Jornada de Autoconhecimento Através dos Contos


um olho humano com símbolos em sua íris
O olho como portal para o mundo interior de imagens e símbolos

Você já teve a sensação de que a maior parte das suas escolhas na vida acontece de forma automática, como se fossem feitas por um piloto automático interno? Isso acontece porque, surpreendentemente, apenas 5% das decisões que tomamos são controladas pela nossa mente consciente. Os outros 95% são determinados pelo nosso inconsciente, uma parte misteriosa e influente de nossa psique. Neste artigo, embarcaremos em uma jornada fascinante para desvendar o poder oculto dos 95%. Você descobrirá como essas escolhas inconscientes afetam sua vida diária e como a contoterapia pode ser uma chave para acessar e compreender esse mundo interior.


O Domínio Oculto


Quando alguém menciona a mente consciente, estamos falando daquilo que sabemos que sabemos. É o nosso pensamento deliberado, nossa capacidade de tomar decisões lógicas e analisar informações. No entanto, esses 5% de consciência têm um impacto muito menor em nossas vidas do que imaginamos. Os outros 95%, representados pelo nosso inconsciente, são um território vasto e enigmático.


Eles são compostos por camadas de memórias, experiências, crenças, valores, desejos e emoções profundamente arraigados. É um local onde informações são processadas de maneira muito diferente da mente consciente.


O Mundo das Imagens


Uma característica notável do inconsciente é a sua comunicação predominantemente através de imagens. Enquanto a mente consciente se expressa por meio de palavras e pensamento lógico, o inconsciente opera no reino das imagens e sensações. As imagens têm o poder de evocar emoções intensas e muitas vezes complexas, moldando nossas reações e escolhas sem que percebamos.


A ideia de que o inconsciente se comunica por meio de imagens é uma característica central da psicologia junguiana, desenvolvida por Carl Gustav Jung. Jung foi um psicólogo suíço que trabalhou no início do século XX e é conhecido por suas teorias sobre o inconsciente coletivo e os arquétipos.


Jung acreditava que o inconsciente coletivo era uma camada profunda da psique humana que continha elementos compartilhados por toda a humanidade. Ele argumentava que essa parte do inconsciente se comunicava principalmente por meio de imagens simbólicas, que ele chamou de arquétipos. Jung via os sonhos, fantasias, mitos e símbolos como janelas para o inconsciente, onde essas imagens simbólicas desempenhavam um papel crucial na expressão dos desejos, medos e aspirações das pessoas.


A teoria de Jung não se baseou em pesquisa empírica no sentido estrito, como experimentos controlados. Em vez disso, ela se desenvolveu a partir de sua prática clínica como psicoterapeuta, bem como de sua própria introspecção e análise pessoal. Jung acreditava que a exploração profunda da psique por meio da análise de sonhos e da interpretação de símbolos era uma maneira importante de entender a mente humana.


O Desafio do Acesso


Você pode estar se perguntando: "Como posso acessar e controlar esse vasto território de imagens e emoções?" Essa é uma pergunta intrigante e desafiadora, e a verdade é que o acesso direto ao inconsciente é uma tarefa complexa. Afinal, como podemos controlar algo que opera principalmente fora de nossa percepção consciente?


Para isso, não há um método único e definitivo para fazê-lo. No entanto, existem várias abordagens e técnicas que podem ajudar a explorar o inconsciente e a tornar conscientes os processos que normalmente ocorrem abaixo da superfície da mente. Aqui estão algumas maneiras de acessar e trabalhar com o inconsciente: análise de sonhos, meditação e mindfulness, hipnose, terapia psicanalítica, terapia junguiano, terapia cognitivo-comportamental (quando se inclina a identificar crenças automáticas), arte e expressão criativa e o bom e velho autoconhecimento.


É importante lembrar que o inconsciente é vasto e complexo, e não podemos ter controle total sobre ele. Em vez disso, o objetivo muitas vezes é trazer à consciência o que está no inconsciente para compreender melhor nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos. Além disso, a ajuda de um terapeuta treinado pode ser valiosa ao explorar o inconsciente, pois eles podem oferecer orientação e apoio ao longo desse processo.


No âmbito da contoterapia, esse acesso se dá através das imagens dos contos, da tradução dos símbolos encontrados, do impacto emocional dessas imagens e a consequente mudança de comportamento que surge dessa interação.


A Jornada de Autoconhecimento


Ao perceber a influência massiva do inconsciente em nossas vidas, muitos de nós sentimos a necessidade de explorar e compreender esse território desconhecido. Até porque a busca por controle e o atendimento da necessidade de previsibilidade nos leva a explorar e compreender o desconhecido, pois é só transformando o desconhecido em conhecido que conseguimos nos conhecer cada vez mais. Só podemos exercer escolhas assertivas de coisas que conhecemos. Ações que nascem do inconsciente são ações que não passam pelo nosso processo de reflexão e escolha.


Essa jornada é o primeiro passo para a transformação pessoal e o desenvolvimento humano. É o momento em que começamos a nos questionar: "O que há dentro desses 95%? Como essas imagens e emoções moldam minha vida? O que posso fazer para saber mais sobre isso e sobre mim mesmo?"


Contos e Histórias: Ferramentas de Transformação


Uma das descobertas mais emocionantes nessa jornada é que histórias e contos têm um papel fundamental na alimentação do nosso mundo interno, ou seja, nosso inconsciente. Imagine que nosso mundo interno é composto por nossas emoções, imaginação, valores, aprendizados, experiências e desejos, e que as histórias são o alimento desse mundo. Portanto, se os contos e histórias têm o poder de nutrir nosso mundo interno, e o que existe em nosso mundo interno influencia nossa vida, consciente ou inconscientemente, é natural começar a explorar essa possibilidade com entusiasmo.


A Jornada da Transformação Pessoal


A partir desse insight, uma jornada de transformação pessoal se desenha diante de nós. Começamos a nos abrir para mais histórias, mais narrativas, mais contos. Com a ajuda dos contos, acessamos, reconhecemos e transitamos por esse mundo imaginal com mais facilidade.


O conceito de "mundo imaginal" é mais associado à tradição da psicologia transpessoal e à obra do filósofo e psicólogo James Hillman. Hillman, juntamente com outros pensadores da psicologia arquetípica e transpessoal, explorou a importância da imaginação e das imagens na psicologia e na espiritualidade.


O conceito sugere que há uma dimensão psíquica ou espiritual onde as imagens têm uma existência independente e significativa. Nesse contexto, o mundo imaginal não é um lugar físico, mas sim um reino da psique onde as imagens ganham vida e influenciam nossa experiência e compreensão do mundo. Para Hillman e outros pensadores semelhantes, a imaginação não é apenas um subproduto da mente, mas uma força ativa que pode revelar insights profundos sobre nós mesmos e sobre a natureza do mundo. Eles argumentam que a exploração do mundo imaginal pode ser valiosa para a psicoterapia, o autoconhecimento e a espiritualidade.


Gradualmente assim, o contato com os contos e a prática de histórias - ler ou ouvir uma história, refletir sobre ela, criar e contar - se tornam a principal ferramenta nesse trabalho de autoconhecimento e mudança.


O Desafio que Todos Enfrentamos


Então, caro leitor, agora você se pergunta: "O que há nos meus 95%? Como posso explorar esse mundo interior?". Essas perguntas não têm respostas simples, pois cada um de nós é único em sua jornada. No entanto, talvez um dos passos seja reconhecer a influência dos 95% em sua vida e estar disposto a explorar esse território misterioso.


A Contoterapia® oferece um caminho empolgante para essa exploração. Ela nos convida a utilizar histórias e contos como ferramentas poderosas para compreender e moldar nosso mundo interior. Ao fazer isso, podemos começar a acessar e transformar os 95% de maneira consciente e positiva.


Você está pronto para iniciar sua jornada rumo aos 95%? As histórias estão esperando para guiá-lo nessa emocionante aventura de autoconhecimento e transformação pessoal. Abra-se para a magia dos contos e descubra o que está escondido em seu mundo interior.


Abraços,

Anna Rossetto

Comments


bottom of page